Se não eu, quem vai fazer você feliz?

Há tempos eu não lia um livro com o gosto em que li esse, em duas horas já passava da metade e a vontade era só continuar devorando toda aquela história. Eu nem me lembro quando ouvi Charlie Brown Jr. pela primeira vez, mas lembro que as músicas deles serviram de trilha sonora pra muitos momentos da minha vida. O que eu nunca tinha parado pra pensar, é que as músicas poderiam ser também um retrato da vida do Chorão, vocalista e compositor da banda. E é sobre isso que o livro “Se não eu, quem vai fazer você feliz?” fala. A Graziela Gonçalvez, “Grazon”, escreveu a história de amor que levou o Chorão a escrever muitas das músicas que conhecemos e amamos. A fala dela no livro é tão envolvente, que me senti como uma amiga pra quem ela estava confidenciando tudo aquilo.

f22f18d8-a4be-47b5-b797-7e5ec1b2dbc3

São tantos assuntos pra refletir depois dessa leitura que até fico sem palavras. Recomento muito. Não quero dar spoilers, então posso falar que basicamente o amor é o sentimento mais poderoso que existe para o bem, mas para o mal, a mágoa pode nos levar a lugares realmente sombrios. Por isso, falem hoje tudo o que têm pra falar, não guardem nada de ruim dentro de vocês.

O livro é um prato cheio pra quem quer saber mais sobre a trajetória da banda, e sobre o que realmente aconteceu com o Chorão. Alguns momentos do livro foram tão tristes, sinto muito pela Grazon, muito mesmo. Ela foi essencial, a maior fonte de inspiração dele e uma companheira de vida incrível.

59825821-b1d7-4c90-859b-71c46dba138b

Alguém aqui já leu? Me contem o que acharam. Emocionante, né?

Beijos,

Ju

 

 

Anúncios